Remodelagem Óssea Peri-implantar: Bases Científicas & Implantações Clínicas

R$190,00

Conheça nossas opções de frete

O primeiro livro sobre "Plataforma Switching"
 
Remodelagem Óssea Peri-implantar: Bases científicas & Implantações clínicas
 
 
Autores: Luigi Canullo, Roberto Cocchetti, Inácio Loi
Paginas: 176
Fotos: 500
 

Saiba o que é esta nova técnica e quais as vantagens que ela oferece aos pacientes, além de aprender como aplicá-la.

 

"Dr. Luigi Canullo" destaque no último In 2011 

 
 
O livro editado pelos Drs. Canullo, Cocchetto e Loi é um texto com mais de 10 autores contribuintes.
O conteúdo abrange desde os aspectos básicos da implantodontia até os aspectos
mais modernos da plataforma switching, colocação imediata do implante e aplicação da piezocirurgia.
O primeiro capítulo básico bem documentado (186 referências) discute os diversos aspectos e
riscos que afetam o modelamento e remodelamento ósseo. Os fatores sistêmicos e locais do
paciente são identificados e avaliados. Três condições que definitivamente afetam o remodelamento
ósseo peri-implantar, também são descritos, sendo eles a função sistêmica e os fatores
locais e cirúrgicos.
No segundo capítulo, mais clínico, o desenho do retalho e a estabilidade do tecido peri-implantar
são discutidos à luz do conceito de biotipo e distância biológica.
O terceiro capítulo apresenta o conceito recente de preparo minimamente invasivo para o
implantes com técnicas de cirurgia piezoelétrica.
Alguns parágrafos em dois capítulos abrangentes são dedicados ao conceito de plataforma
switching. Aqui, temos tanto a parte teórica quanto a parte clínica. A ênfase é dada às consequências
histológicas deste conceito. Muita atenção (significativa) é dada aos estudos com
elementos finitos (FEA). Estes supostamente descrevem os efeitos da plataforma switching nos
níveis ósseos marginais ao redor dos implantes. Entretanto, é preciso entender que a FEA não
pode por si só refletir tais fenômenos biológicos pelo fato do osso ser um tecido vivo que não
segue regras matemáticas aplicadas à FEA.
Outro capítulo descreve o papel dos protocolos protéticos na estabilidade peri-implantar. Os
aspectos biológicos, técnicos e clínicos são discutidos em harmonia. Importância ímpar é dada
à temporização e a aspectos relacionados com o paciente, enfocando a redução do tempo
clínico e o desconforto durante a reabilitação protética.
Finalmente, o último capítulo é devotado ao titânio como material de escolha na Implantodontia.
Ênfase é dada à limpeza das superfícies de titânio como pré-requisito para função
otimizada.
Em resumo, este lançamento de Luigi Canullo e coautores fornece um conceito de tratamento
implantodôntico que inclui a plataforma switching e diretrizes protéticas estritas para excelentes
resultados clínicos. O livro é escrito de forma lúcida e pode ser recomendados à
todos os colegas que estão envolvidos na Implantodontia.